RSS

Eterno até a página 12

16 fev

O espanto foi imediato.  Sim, porque o natural hoje é a diversidade, a quantidade, a multiplicidade, a variedade e o que mais você lembrar de colocar nessa lista. Shakespeare já dizia que os mais fortes juramentos são palha para o fogo dos sentidos. Não me assusto mais quando fico sabendo que um casal se divorciou. Verdade. Não me espanto mais. Na verdade, parece que já é algo esperado, motivado, desejado e recomendado. Nada como o tempo e o novo, ou a mais nova, para comprovar que criaram um limite para o eterno. E para o amor.

O espanto surge quando ele fala que está casado há 42 anos. Natural da Ucrânia, sofreu com um pai alcoólatra e violento. Enquanto criança observava as outras famílias e fez uma promessa pra si mesmo: “Quero uma família diferente da minha”.  Conseguiu. Ele falando sobre sua mulher, filhos e netos é surreal; algo como aqueles filmes ridículos (ops!) de comédia romântica que no final você se consola (para quem assiste, claro!) em ser apenas um filme. Mas ele estava na minha frente e, diante dos olhos brilhantes e do autêntico sorriso, era possível quase adentrar em suas emoções e tocá-las. Eram quase palpáveis. Não sei o segredo. Acho que nem ele, pois não disse. Talvez seja o que Philip Yancey quis expressar nessa frase: “Casei-me imaginando que o amor nos manteria unidos. Em vez disso, aprendi que precisava do casamento para ensinar-me o que significa o amor”.

Anúncios
 
3 Comentários

Publicado por em 16/02/2011 em Amor

 

3 Respostas para “Eterno até a página 12

  1. Charlene

    17/02/2011 at 00:47

    Lindo lindo lindo…

     
  2. Aline

    17/02/2011 at 00:55

    Que lindo Elismere!

    Quero aprender a amar tb!!! =D

     
  3. Celso

    17/02/2011 at 12:07

    Mana, texto simplesmente fantástico. Bjão

     

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: